SARAU COM RITMO: HOMENAGEM A LILA RIPOLL

PROJETO SARAU COM RITMO

Homenagem à Poetisa Lila Ripoll

Uma das principais vozes da poesia gaúcha

A Academia de Letras e Artes de Porto Alegre em parceria com o Clube Literário Jardim Ipiranga promove no dia 1º de março, terça-feira, na cidade de Porto Alegre, mais uma edição do Sarau com Ritmo, com apresentações de poetas da capital, debates e exibição de vídeo.

O QUÊ
Sarau poético em homenagem à poetisa gaúcha Lila Ripoll. Também durante o evento haverá estande para venda de livros e exibição de vídeo sobre a artista homenageada.

QUEM
Apresentação de poetas e artistas de sociedades culturais da capital

QUANDO
1º de março de 2011, terça-feira, às 19 h Entrada Franca

ONDE
Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (Sala O Retrato) Rua dos Andradas, 1223, Porto Alegre.

Contatos: Fones 9336-6540 / 3446-2652 ou expressoletras@yahoo.com.br
Poetisa, professora, jornalista e pianista. Militante comunista. Nasceu em Quaraí, a 12 de agosto de 1905. Colaborou no “Correio do Povo” e na “Revista Universitária”. Editou a “Revista Horizonte” (1951). Na década de 1930 foi diretora do Departamento Cultural do Sindicato dos Metalúrgicos, onde militou pelo Partido Comunista. Participou, em 1951, no grupo Partidários da Paz, com Graciliano Ramos, Dyonelio Machado e Laci Osório. Revolucionária convicta e militante, atuou também no Centro dos Professores e no Grupo de Arte, fundado por ela para a promoção de espetáculos teatrais. Foi presa após o golpe militar de 1964, e libertada em seguida por motivo de doença. Entre seus livros destaca-se Novos poemas (poesia), de 1951, obra vencedora do prêmio Pablo Neruda da Paz. Faleceu em 1967, vítima de câncer.

OBRAS
De mãos postas (poesia). Porto Alegre: Livraria do Globo, 1938. Céu vazio (poesia). Porto Alegre: Livraria do Globo, 1941 (Obra vencedora do prêmio Olavo Bilac Da Academia Brasileira de Letras). Por quê? (poesia). Rio de Janeiro: José Olympio, 1947. Novos poemas (poesia). Porto Alegre: Horizonte, 1951 (Obra vencedora do prêmio Pablo Neruda da Paz). Primeiro de maio (poesia). Porto Alegre: Horizonte, 1954. Poemas e canções (poesia). Porto Alegre: Horizonte, 1957. Um colar de vidro (peça teatral inédita). Porto Alegre: 1958. O coração descoberto (poesia). Rio de Janeiro: Vitória, 1961. Águas móveis (poesia). Inédito de 1965. “Poesias”. In: Cadernos do extremo sul. Alegrete: s/ed., 1967. Antologia poética Rio de Janeiro: Leitura; Instituto Nacional do Livro / MEC, 1968 (edição póstuma).

COORDENAÇÃO
Benedito Saldanha & Adroaldo Barboza

HOMENAGEM A ÁLVARES DE AZEVEDO

Convidamos toda a comunidade cultural para o

SARAU COM RITMO:

Com as poesias de Álvares de Azevedo

♦ Local: Teatro Glênio Peres
♦ Dia: 11/ Junho (sexta-feira)
♦ Horário: 18 hs
“Venha participar de uma celebração de poesia e música em homenagem ao Dia dos Namorados”

Leitura de poesias por Celso Porto e Benedito Saldanha

Promoção: Academia de Letras e Artes de Porto Alegre & Clube Literário Jardim Ipiranga
Apoio: Memorial – Câmara Municipal de Porto Alegre

Published in: on junho 9, 2010 at 8:31 pm  Deixe um comentário  
Tags: , ,

Homenagem aos 50 anos do compositor e cantor Renato Russo

Benedito Saldanha convida para a edição especial do Projeto “Sarau com Ritmo”

Dia: 09/03/2010 (terça-feira)

Horário: 19h

Local: Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo (Café Monjolo)
Rua dos Andradas, 1223 – Porto Alegre/RS

– Leitura de poesias

– Debate sobre a obra do artista

– Apresentações musicais

– Sorteios de livros e CDs

Parceria: Clube Literário Jardim Ipiranga e Sociedade Partenon Literário (Fones: 8400-5531/9336-6540)

Coordenação Geral: Benedito Saldanha

Apoio:
Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Câmara de Vereadores de P. Alegre

CONVITE PARA O SARAU COM RITMO – 5 ANOS DE ATIVISMO CULTURAL

A Academia de Letras e Artes de P. Alegre e o
Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo
têm o prazer de convidar para

O SARAU COM RITMO ESPECIAL
50º Sarau produzido por Benedito Saldanha
5 ANOS DE ATIVISMO CULTURAL

Data: 10 de setembro de 2009 – Quinta-feira
Horário: 19:30 h
Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Auditório Barbosa Lessa (4º andar)
Porto Alegre – RS

Show musical: Banda “Os Mesmos”

Apresentação: Fernanda Blaya Figueiró

Divulgação: Fone 9336-6540

Site: http://www.beneditosaldanha.com

“Compareça e compartilhe deste momento importante
da trajetória de Benedito Saldanha”

SARAU COM RITMO EM HOMENAGEM A CAMÕES

CAMÕES

Nascido por volta de 1524 de uma família da pequena nobreza, Luís Vaz de Camões recebeu uma educação esmerada, tendo provavelmente cursado Artes em Coimbra. Quando jovem, freqüentou círculos aristocráticos e a boêmia literária de Lisboa. Entretanto, optou pela carreira das armas e combateu no Marrocos, onde perdeu um olho em combate. Em 1550 alistou-se para a Índia, mas não chegou a embarcar. Morreu em 1580 e seu enterro foi pago por uma instituição de caridade, a Companhia dos Cortesãos.
Sua obra se coloca entre as mais importantes da literatura ocidental. Luís de Camões é considerado o poeta português mais completo de sua época, ou até mesmo de toda a literatura de língua portuguesa. Camões manipulou todos os recursos da língua portuguesa, ampliando enormemente seu campo de expressão. Na obra de Camões, a língua portuguesa passou a expressar sentimentos, sensações, fatos e idéias de uma forma que até então não fora alcançada por ninguém. Sua posição de destaque entre os poetas portugueses de seu tempo é devida também ao fato de em sua obra estarem presentes tanto o humanismo como a expansão ultramarina, isto é, os dois elementos que caracterizaram o Renascimento português. Tornou-se célebre não somente por ter escrito Os Lusíadas, longo poema épico que reflete toda a história e cultura de Portugal até a data em que o poema foi composto, mas também por sua obra lírica, constituída por vários tipos de poemas, entre os quais os mais famosos são certamente os sonetos.

SONETO

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?
______________________________

SARAU COM RITMO
Dia: 10/06 (quarta-feira)
Horário: 19:30h
Onde: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo – Sala de pesquisa (Rua dos Andradas, 1223, 2º andar) – Porto Alegre/RS – Brasil
Entrada Franca
Apresentação: Benedito Saldanha
Música: Carlos Steil
Promoção: Academia de Letras e Artes P. Alegre e Centro Cultural CEEE Erico Verissimo