MARIANA

esses teus olhos me chegam
de um tempo muito antigo

por onde fugiram os rios

e as primeiras aves
nos beirais da casa

me chegam dessa casa
com a mobília nova
a lenha ainda acesa
e o pão
tão seco
das catedrais

ah
nesses teus olhos vejo
cidades inteiras se arrastando

mulheres que não se cumpriram
sob as vestes
e ruas
ruas que se perderam nas enchentes

sim
por teus olhos
ajoelharam-se as florestas
dormiram ilhas
palácios inteiros se curvaram

tudo
por teus olhos

manhã de outono e festa
em que adormeço

Iacyr Anderson Freitas (1963)
Nasceu em Patrocínio do Muriaé, Estado de Minas Gerais, Brasil. Poeta, ensaísta, contista, engenheiro civil e mestre em Teoria da Literatura. Publicou 13 livros de poesia e três de ensaio literário, mereceu vários prêmios e sua obra vem sendo traduzida a outros idiomas.