ETERNO AMANTE

Eu confesso!
Sou teu Amante.
Fui e sempre serei teu amante.
Fui em todas as noites em que dentro de ti estava,
Te vasculhando, canto a canto, enquanto dormias.

Fui em cada canção que cantava para alegrar tuas noites.
Fui teu mais louco amante, porque jamais neguei meu amor por ti.
Sou teu amante, embora na incógnita, continuo sendo teu amante.
Sou, porque se me agasto de ti é por motivo alheio à minha vontade.
Porém retorno sempre, nem que seja por horas, tão-somente para te olhar,
Deixando uma lágrima cair quando da despedida,
Pois novamente começo a te ver ao longe, até não mais te avistar.

Serei sempre teu amante.
Pois mesmo que tenha de ir para o outro lado do mundo, ainda assim, te
amarei.
E em qualquer oportunidade encontrarei tempo para te rever.

Serei sempre teu amante.
Mesmo que meu corpo já inerte não possa ir a lugar nenhum,
Alguém que conheça este amor o levará até a ti.
Porém, se isto não for possível,
Ainda restará meu espírito para vagar eternamente
Em teus dias e em tuas noites,
Como ETERNO AMANTE,
Minha querida…
PORTO ALEGRE.

Carlos Reinaldo Carabajal Lopes
Escritor e poeta nascido em Bagé, Estado do Rio Grande do Sul.