BAILE DE MÁSCARAS, POEMA DE ALESSANDRA BOOS

BAILE DE MÁSCARAS

entre a face e a máscara
o vazio respira
e observa

por trás da persona risonha
– o sorriso que apodrece –
a desesperança da Columbina
a vergonha do Arlequim

plumas se agitam, lenços que caem

eu só queria
encurtar
o meu vazio
e o teu.

ALESSANDRA BOOS
Nasceu em Santa Catarina/SC. Poeta, contista, bióloga formada pela Universidade Federal do Paraná e professora de língua inglesa em Porto Alegre/RS. Publicou pelo projeto do SESC/SC Formação de Escritores. No momento, escreve nos blogs “A Metafísica do Beijo” e “Botequim Literário”.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://farolante.wordpress.com/2010/08/03/baile-de-mascaras-poema-de-alessandra-boos/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: