NILSON BERTOLINE: POETA DO RIO GRANDE DO SUL

MIRAGEM

Na quietude dos dias silenciosos,
que vão passando sem a gente crer,
ouço gemidos leves, melodiosos,
que se repetem, sem eu compreender.

Em vão espero que estes sons queixosos,
que sempre ouço e não posso entender,
se concretizem, e de espirituosos
fiquem mais reais pra que os possa ver.

Alma vazia, ideia que anda ausente,
inspiração sombria e diferente,
desfazei as miragens que me envolvem:

Os pensamentos loucos que se fazem,
as ideias que feitas se desfazem,
e enfim os sonhos vãos que se dissolvem.

Nilson Bertoline
Nasceu a 23 de Fevereiro de 1923, em Quaraí, Rio Grande do Sul, Brasil, e suicidou-se a 18 de Julho de 1944. Obras: Procissão de folhas (1941); Poemas (1945).

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://farolante.wordpress.com/2010/05/11/nilson-bertoline-poeta-do-rio-grande-do-sul/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. Nunca poderia imaginar que uma pessoa poderia fazer um poema ou poesia assim, chei de emoção.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: