Um poema de Marinês Bonacina

ESCARPA

O vento
alisa os rochedos
na escarpa do tempo.
Centelhas de vida
rebrilham e se apagam
nas veredas do sol.
À noite, os sonhos
emudecem
os segredos, os mitos
as almas de pedra.
No silêncio
os ritos da consumação.

Porto Alegre, 21/02/2003.

Marinês Bonacina
Nasceu a 07/07/1964, em Nova Bréscia, Rio Grande do Sul. Profissional de Comunicação jornalismo, ativista Cultural e poeta. Presidenta Casa do Poeta Latino-Americano – CAPOLAT. Pertence à Academia de Letras dos Municípios do RS. Ex-vice-presidenta e Diretora de Imprensa da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil-AJEB Gestão (2004/06).

Anúncios
Published in: on abril 15, 2009 at 6:44 am  Deixe um comentário  
Tags: , ,

The URI to TrackBack this entry is: https://farolante.wordpress.com/2009/04/15/um-poema-de-marines-bonacina/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: