Francisca Júlia, poetisa parnasiana

OUTRA VIDA

Se o dia de hoje é igual ao dia que me espera
Depois, resta-me, entanto, o consolo incessante
De sentir, sob os pés, a cada passo adiante,
Que se muda o meu chão para o chão de outra esfera.

Eu não me esquivo à dor nem maldigo a severa
Lei que me condenou à tortura constante;
Porque em tudo adivinho a morte a todo instante,
Abro o seio, risonha, à mão que o dilacera.

No ambiente que me envolve há trevas do seu luto;
Na minha solidão a sua voz escuto,
E sinto, contra o meu, o seu hálito frio.

Morte, curta é a jornada e o meu fim está perto!
Feliz, contigo irei, sem olhar o deserto
Que deixo atrás de mim, vago, imenso, vazio…

Francisca Júlia (1874-1920)
Nasceu em Xiririca, hoje Eldorado, Estado de São Paulo. Pode-se dizer que Francisca Júlia conheceu a celebridade: Mármores (1895) foram lançados com prefácio encomiástico de João Ribeiro; Olavo Bilac elogiava-lhe a língua, o “português remoçado por um banho maravilhoso de novidade e frescura”; Vicente de Carvalho reputava-a “maravilhoso poeta, um dos mais originais do Brasil”, e assim por diante. Posteriormente sua fama declinou, a ponto de há algumas décadas Otto Maria Carpeuax declarar que a poetisa “não merece o esquecimento completo”. É considerada a maior poetisa parnasiana do Brasil. Publicou dois volumes de poesia: Mármores (1895); Esfinges (1903, 2ª edição 1921).

Anúncios
Published in: on abril 15, 2009 at 6:20 am  Deixe um comentário  
Tags: , ,

The URI to TrackBack this entry is: https://farolante.wordpress.com/2009/04/15/francisca-julia-poetisa-parnasiana/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: