“Espera sensual”, do poeta equatoriano Simón Zavala Guzmán

ESPERA SENSUAL

Porém agora é de noite.
Quantas vezes se cansa tua
Inegável presença
Lutando humanamente sobre a minha
pele, que sua?

Escorregas em minhas mãos
de ourives taciturno,
modelador de sonhos inconclusos,

como esta mesma noite que
é um fio
rugindo entre as horas
até cortar a interminável
espera.

Só sei, que em tua partida
de onda tempestuosa
há um mar cósmico
refletindo tua essência
e eu, sou um penhasco,
que rompe na intempérie
tua lúbrica cortiça.

(Tradução de Nina Reis, escritora brasileira)

Simón Zavala Guzmán
Nasceu em Guayaquil, Equador. Licenciado en Ciências Públicas e Sociais. Doutor em Jurisprudência e Advogado. Tem publicado em jornais e revistas, ensaios e artigos literários, jurídicos, políticos e poemas.

Conheça sua página na internet: http://www.oplibros.com/simonzavalaguzman.html

Anúncios
Published in: on abril 9, 2009 at 11:43 pm  Deixe um comentário  
Tags: ,

The URI to TrackBack this entry is: https://farolante.wordpress.com/2009/04/09/espera-sensual-do-poeta-equatoriano-simon-zavala-guzman/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: