Poema de Zeferino Paulo Freitas Fagundes

O CONVITE

(A Carlos Nejar)

Zeferino Paulo Freitas Fagundes

Vejo-te adentrando o convite,
cintilação.
A negra barba moldura,
no ameno poço
do rosto.
O claro olhar bailando nele
e a branda palavra equilibrando-se
na borda.

A Poesia emana da breve passagem
e da longa figura.
Arranco-te algumas definições,
por momentos;
na superfície.

Um mar de seixos navega
o cantante regato e a luz
brinca no fundo,
como um aquário.

Devem ser essas mãos claras
que tentam deslumbrar o mundo
– e conseguem.
O grande Milagre se aninha em ti,

e o reténs, com a força inerme
de teu pensamento,
que move montanhas de dúvidas

e paixões,
imponderavelmente.

Zeferino Paulo Freitas Fagundes (1932-1989)
Nasceu na cidade de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul. Poeta, contista, dramaturgo, professor, advogado, compositor, crítico literário e de arte. Colaborou em vários órgãos de imprensa. Recebeu o Prêmio Olavo Bilac da Academia Brasileira de Letras, em 1983. Pertenceu, entre outras, às seguintes entidades culturais: Academia Sul-Brasileira de Letras, Academia Porto-Alegrense de Letras, Associação Brasileira de Crítica Literária, Academia Alceu Wamosy, Asociación de Escritores del Interior (Uruguai). Obras poéticas publicadas: Ode anacreôntica (1981); Diário de bordo (1985).

Anúncios
Published in: on abril 7, 2009 at 7:31 am  Deixe um comentário  
Tags: ,

The URI to TrackBack this entry is: https://farolante.wordpress.com/2009/04/07/poema-de-zeferino-paulo-freitas-fagundes/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: